Contra a PL do Veneno


Liga Acadêmica de Nutrição promove campanha. Participe!

Publicado em 4/7/2018

Os alunos da Liga Acadêmica de Segurança Alimentar e Nutricional, do curso de Nutrição, estão promovendo uma campanha contra o Projeto de Lei 6699/02, popularmente conhecido como PL do Veneno, que apresenta mudança na fiscalização e controle de agrotóxicos no Brasil e está em tramite no plenário.

Segundo presidente da liga e aluno do terceiro período, Leonardo Oliveira, a campanha surgiu da necessidade de falar sobre o uso e consumo de alimentos cultivados com agrotóxicos. “Nosso objetivo é conscientizar e sensibilizar pessoas a sobre os efeitos causados pela utilização de agrotóxicos na produção de alimentos, além de alertá-las sobre a desumana ideia do atual ministro da agricultura, que pretende atualizar a Lei dos Agrotóxicos. Concomitantemente, pedimos que as pessoas votem contra a chamada 'PL do Veneno' que reivindica a aprovação da Política Nacional de Redução de Agrotóxicos”, explicou o acadêmico.

A “PL do Veneno” sugere uma série de alterações na atual Lei dos Agrotóxicos, como a mudança no nome “agrotóxico” para “pesticida”, além de excluir os ministérios da Saúde e Meio Ambiente do processo de análise e registros dos produtos. “Se o projeto for aprovado, haverá o registro de substâncias cancerígenas na composição dos agrotóxicos, podendo causar gravíssimos danos à nossa saúde que surgirão a longo prazo”, lembrou Leonardo.

A campanha começou no fim de junho e se estende durante o mês de julho. “Os danos causados pelos agrotóxicos deixam resíduos em nossa comida e no solo o que, consequentemente, afeta a água e a alimentação escolar, por exemplo. O Brasil, conhecido por suas riquezas naturais, precisa de um sistema justo e preparado para alimentar a todos de forma sustentável”, concluiu o aluno. Para saber mais e assinar a petição, acesse: www.chegadeagrotoxicos.org.br


Veja Também: