Seminário de Materiais de Construção


Sexta edição do evento apresenta novas tecnologias

Publicado em 16/5/2018

O curso de Engenharia Civil promoveu a sexta edição do Seminário de Materiais de Construção com o objetivo de apresentar aos alunos as inovações tecnológicas do mercado de trabalho, nessa quarta-feira, 16. O encontro reuniu alunos do primeiro ao sexto período para a palestra do engenheiro civil da Tigre, Flávio Rodrigues, que apresentou as novidades da empresa, no Centro Histórico-Cultural, no campus Olezio Galotti.

A Norma de Desempenho de Edificações, em vigor desde 2013, estabelece exigências de conforto e segurança em imóveis. “Uma vez que a obra possua alguma irregularidade que vá de encontro a esse texto poderá ser alvo de ações judiciais”, acrescentou o engenheiro. A linha Redux, apresentada pelo palestrante, traz inovações na redução dos ruídos. “É um sistema de esgoto e águas pluviais com proteção acústica que oferece uma maneira simples da instalação de esgoto que previne os barulhos de encanamento”, explicou Flávio.

Sexta edição do evento

A atividade fornece aos alunos contato com empresas fornecedoras de produto do ramo da construção civil, segundo o professor responsável pelo seminário, Rogério Nogueira. “Os palestrantes sempre trazem amostras desses materiais para apresentar para os acadêmicos, o que aprimora o conhecimento técnico deles acerca dessas peças e os aproximam ainda mais do que vão encontrar no mercado de trabalho”, continuou o professor.

A atualização contínua oferecida pelo seminário é o principal ganho para a vida acadêmica e profissional, segundo a aluna do quinto período, Larissa Pimentel. “Apesar de termos aulas práticas durante o curso, são esses eventos e esses contatos que mais nos aproximam da realidade do mercado de trabalho, principalmente por sempre termos contato com palestrantes que atuam em grandes empresas”, frisou Larissa.

– O Seminário de Materiais de Construção é uma forma de manter os nossos alunos atualizados de uma maneira dinâmica e é fundamental que os alunos, desde o primeiro período, tenham contato com esses temas para poderem desenvolvê-los durante a formação, aumentando o potencial acadêmico e profissional.


Veja Também: